Boas práticas na hora de armazenar o alimento são essenciais para que o produto esteja em melhores condições de consumo na hora em que chegar nas mãos do cliente final.
E para isso não basta apenas escolher a melhor das embalagens, mas sim a correta. Levando-se em conta a exposição, o tempo que ficará exposto e as próprias condições do alimento.
Para se ter uma ideia, alguns alimentos podem durar até 10 vezes mais tempo quando estão embalados à vàcuo, pois quando o oxigênio deixa de entrar em contato com o produto, as bactérias que produzem efeitos negativos ao alimento, deixam de existir.

embalagem a vacuo

Além da embalagem à vácuo, o tratamento térmico deve ser feito para que o produto dure ainda mais tempo, sem perder suas propriedades e ter sempre a melhor aparência possível.
Abaixo, alguns alimentos que podem ser embalados à vácuo para aumentar o shelf life (tempo de vida útil na prateleira ou expositor).

ARROZ CRU:
Selado na ausência de oxigênio, prolonga a vida do arroz branco de 8 a 10 anos!
a uma temperatura estável de 21 graus Celsius.
E ainda pode se manter mais tempo armazenado em temperaturas mais frescas ou congelado.

PEIXE:
Uma vez congelados e embalado a vácuo pode durar até 2 anos.
Se for apenas refrigerado em ambalagens sem vácuo, o peixe deve durar apenas 1 semana.

LEGUMES
Geralmente duram 8 meses em embalagens convencionais, já no vácuo dura de 2 à 3 anos.

FRUTAS
6 dias em embalagem convencional sem vácuo. Embaladas à vácuo pode durar de 1 à 2 semanas.

QUEIJO
Embaladas sem vácuo, 1 à 2 semanas. Com sacos à vàcuo, de 4 à 8 meses.

Ficou alguma dúvida?

Fale conosco e saiba a melhor opção para armazenamento e preservação do seu alimento.